Altice Portugal intensifica Plano de Contingência: COVID-19

A Altice Portugal vem agora reforçar o Plano de Contingência e Prevenção com novas medidas. Entre elas, a implementação de regime de teletrabalho para grávidas e doentes oncológicos ativos.

Enquanto primeira empresa privada a ativar um Plano no âmbito do atual panorama da saúde pública, e em estreito e permanente diálogo com a Direção Geral de Saúde (DGS) e demais entidades, a Altice Portugal entendeu reforçar o seu Plano numa ótica de preservação e defesa dos interesses dos colaboradores:

        • Implementação de dispensa imediata de assiduidade em regime de teletrabalho a colaboradores pertencentes a grupos considerados de maior vulnerabilidade por baixa imunidade (oncológicos ativos, doentes crónicos já identificados) e colaboradoras grávidas.
        • Criação e identificação de salas de isolamento em edifícios onde se justifique, a serem ativadas em caso de necessidade.
        • Implementação do Gabinete de Crise de Operações com definição de Plano de Serviços Mínimos Indispensáveis a acionar assim que se justifique.
        • Reforço da equipa de Saúde no Trabalho da Altice Cuidados de Saúde, nomeadamente com a integração de novos médicos especialistas adequados ao atual contexto.
        • Adiamento da realização de eventos públicos da empresa (por exemplo, Disruption for Brands by SAPO e Prémios SAPO).
        • Adiamento de viagens aéreas.
        • Redução, ao estritamente indispensável, da participação da Equipa de Gestão da Altice Portugal em iniciativas públicas e reuniões externas.
        • Privilegiar reuniões por videoconferência ou conference call em substituição de reuniões presenciais em sala.
        • Reforço do abastecimento de gel desinfetante e máscaras hospitalares nos edifícios e lojas MEO.
        • Difusão em todos os canais internos da empresa de informação esclarecedora para apoio na identificação dos sintomas relacionados com o COVID-19, bem como informação de medidas de prevenção e outras práticas definidas pela DGS – Direção Geral de Saúde.

A Altice Portugal reforça ainda em comunicado de imprensa que, “não sendo defensora do alarme social, interno ou externo, não tem identificado ao momento qualquer caso de contágio no seio da empresa”, acrescentando que “manterá de forma rigorosa o seu Plano de Contingência, acompanhando a evolução da situação, bem como comunicando novas medidas que possam vir a ser adotadas na defesa e proteção dos seus colaboradores, parceiros, clientes e fornecedores e na estrita promoção do interesse público”.

Artigos Relacionados: