As 11 Lições de Elon Musk

Considerado um dos maiores génios do empreendedorismo, sempre envolto em alguma polémica, Elon Musk, o segundo homem mais rico do mundo, é o visionário, nascido na África do Sul, que quer ir para além da Lua. Por trás do projeto de colonizar Marte, da SpaceX e da Tesla, está um homem comum que vive em Boca Chita, uma pequena vila no Texas. São onze as lições deste empreendedor dos tempos modernos, partilhadas pela CEO Magazine, para que se atinja o sucesso na Terra e, quem sabe, fora dela.

  1. Sede de conhecimento: conhecimento é sinónimo de novas ferramentas e soluções para o dia-a-dia, bem como futuras ideias. Já em pequeno, Elon Musk era um leitor ávido, desde enciclopédias a banda desenhada, e mesmo depois de crescer a fome de saber mais nunca foi saciada. Licenciado em economia e em física, aprendeu sozinho, ao ler livros, a ciência dos foguetes de propulsão.
  2. Seja objetivo: parte do sucesso surge quando demonstra com clareza a sua intenção. Tal como Musk, comece por definir a meta, entendendo qual é, e o porquê de valer a pena. Jim Cantrell, co-fundador da SpaceX, relembra o contacto que recebeu de Musk: “Sou o Elon Musk, um bilionário na internet, fundei a PayPal e a X.com. Vendi a X.com para a Compaq por 165 milhões de dólares e poderia passar o resto da minha vida numa praia a beber cocktails, mas decidi que a humanidade precisa de se tornar numa espécie multiplanetária, e quero fazer algo com o meu dinheiro para mostrar que se pode fazer isso e preciso de foguetes russos. É por isso que o estou a contactar.”
  3. Voltar às bases: tal como Musk diz, reduzir “as coisas aos primeiros princípios ou verdades fundamentais numa área específica e, a partir daí, raciocinar”.
  4. Afaste-se de influências negativas: não deixe que as ideias negativas derrubem a sua visão. “Quando Henry Ford fabricava carros baratos e confiáveis, as pessoas diziam: ‘O que há de errado com um cavalo?’ Foi uma grande aposta que fez, e funcionou”, afirmou Musk.
  5. Acredite, e pode acontecer: acreditar é o primeiro incentivo para começar a transformar as ideias em realidade. “Se voltar atrás algumas centenas de anos, o que consideramos natural hoje, pareceria magia.”
  6. Cometer erros: o fracasso tem de ser visto como uma oportunidade de recomeçar e aprender, a fim de fazer melhor e até inovar. “Se as coisas não falham, então não se está a inovar o suficiente.”
  7. Tenha um foco inabalável: Musk é conhecido por trabalhar mais de 120 horas por semana. Caso surja um problema, ele é capaz de trabalhar incansavelmente e sem desviar a atenção até que seja resolvido. Em 2018, Musk partilhou no seu Twitter: “Se gosta do que faz, (na maioria das vezes), não parece estar a trabalhar.”
  8. Trabalhar arduamente: trabalhar arduamente pode ajudar a alcançar mais rápido as metas e a taxa de sucesso, “Se as outras pessoas estão a dedicar 40 horas por semana e você trabalha 100 horas por semana, então, mesmo se estiverem a fazer a mesma coisa, sabe que irá alcançar em quatro meses o que os outros levam um ano a alcançar”.
  9. Crie um futuro melhor: para Musk, seria um fracasso não usar o seu dinheiro para criar novas oportunidades. Numa conversa à BBC, aponta querer que as coisas no futuro sejam melhores e tornar a vida melhor.
  10. Sonhar alto: sonhe tão alto até Marte, ou, se desejar manter-se neste planeta, o céu não tem de ser o limite. Nem todos sonham como Elon Musk em construir civilizações espaciais, mas acredite que os seus sonhos podem também ter um grande impacto se trabalhar neles.
  11. Dê o salto: faça parte de algo ou tome a iniciativa. É esse o primeiro pequeno passo para o homem que pode, um dia, ser um grande passo para a humanidade.

Artigos Relacionados: