Catarina Conceição Silva: «A preocupação da Capgemini é ouvir a voz das pessoas»

Estão a ser feitas grandes transformações culturais na empresa de consultoria onde trabalha. Catarina Conceição Silva gere os Recursos Humanos da Capgemini em Portugal desde o início de 2019, mais de 500 pessoas.

«A preocupação da Capgemini com a motivação e saúde das nossas pessoas é recorrente e reforçada em momentos de maior fragilidade. Tal como uma família, nos momentos mais desafiantes, é expectável que se fique mais próximo», explica Catarina, comprovando ao longo da nossa conversa que tem uma gestão pragmática, humana e defensora do tempo em família.

Nesta fase, a empresa está mais atenta ao feedback e comentários de todos na aplicação que foi desenvolvida para ouvir os colaboradores. A par dos exigentes desafios com que a área da Gestão de Pessoas se depara, Catarina está ciente que não basta passar para teletrabalho, é importante refletir sobre os processos produtivos e as formas de relacionamento. Numa altura que importa também não esquecer a saúde mental dos colaboradores e saber manter bons níveis de motivação, a subsidiária portuguesa tem em marcha uma série de iniciativas que dão inclusivamente suporte emocional.

Colocámos a pergunta: Como está a motivar e a assegurar a saúde psicológica dos colaboradores? a sete diretores de Gestão de Pessoas, ainda em pleno estado de emergência e antes do anúncio das medidas de desconfinamento. Catarina Conceição Silva respondeu:

«A preocupação da Capgemini com a motivação e saúde das nossas pessoas é recorrente e reforçada em momentos de maior fragilidade. Tal como uma família, nos momentos mais desafiantes, é expectável que se fique mais próximo, com preocupação genuína por aqueles que, em determinadas circunstâncias, precisem de maior apoio. Nesta fase, a empresa está mais atenta ao feedback e comentários de todos os colaboradores na aplicação que foi desenvolvida para, mensalmente, ouvirmos a voz das nossas pessoas. As respostas ao “Pulse”, canal principal de comunicação com colaboradores, permitem, de forma rápida, uma perceção mais apurada sobre o que os anseia e preocupa, permitindo-nos agir e apoiar na busca de soluções sobre o que está na base. O anonimato na apresentação do tema acrescenta a sensação de segurança de cada colaborador, só se conhecendo a identidade do mesmo se quiser desvendar. Para implementação em breve, estão em preparação sessões de Coaching para os managers, no sentido de os capacitar no suporte emocional e profissional das suas equipas.
Paralelamente, a Capgemini é muito ágil no desenvolvimento de soluções que promovem um dos nossos principais valores – “Fun”. Desde a criação de pausas, em situação de trabalho remoto, com o desenvolvimento de um “Musical Quizz” ou de uma verdadeira “Caça aos Ovos da Páscoa” na nossa Intranet, até à partilha de “Success Stories” para colaboradores que tenham de ficar isolados em casa, tudo vale para reforçar o espírito #Proud2BCapgemini e #StrongerTogether».

[Aceda aqui às respostas de todos os diretores de Gestão de Pessoas]

Artigos Relacionados:

Centro de preferências de privacidade

Cookies necessários

Publicamos cookies neste site para analisar o tráfego, memorizar as suas preferências, otimizar a sua experiência e apresentar anúncios.

PHPSESSID, __gads, _ga, _gid, gdpr[allowed_cookies], gdpr[consent_types], wordpress_test_cookie, woocommerce_cart_hash, woocommerce_items_in_cart, _gat_gtag_UA_114875312_1
IDE
__cfduid