Elon Musk quer tirar a Tesla de bolsa

O líder da Tesla disse no Twitter que está a “considerar” tirar a empresa de bolsa e privatizar a famosa fabricante de carros elétricos por 420 dólares a ação (cerca de 362 euros). O tweet do conhecido empresário fez subir as ações em 8,5% em poucos minutos. Na mesma declaração, o também presidente executivo da SpaceX disse que “o financiamento está garantido”.

Com esse valor por ação, a empresa passa a valer 71,6 mil milhões de dólares. Segundo dados da Bloomberg, Musk tem uma posição de 19,78% na Tesla, o que significa que teria de desembolsar 57,5 mil milhões de dólares para comprar a restante parte.

O CEO da Tesla publicou este tweet minutos depois de ter sido anunciado que o Fundo Soberano da Arábia Saudita tinha uma posição no valor de dois mil milhões de dólares na empresa, o que equivale a perto de 5%.

Já no passado dia 05 de agosto, Musk tinha publicado um tweet com um vídeo que aludia às posições “curtas” (que apostam na queda das ações – os chamados “shorts”) e esta pode ser uma forma de “retaliar”, já que, com a informação de que pensa retirar a empresa de bolsa, as ações dispararam. O referido vídeo foi por muitos considerado de mau gosto, uma vez que tinha Hitler como protagonista.

Artigos Relacionados: