Estão abertas as candidaturas para o Programa Santander W50 com a London School


Até 20 de abril pode candidatura-se a 50 bolsas de estudo para a primeira edição europeia do Programa Santander W50, uma parceria entre o Santander Universidades e a London School of Economics and Political Science.

O programa foi criado para mulheres gestoras com experiência profissional, numa carreira marcada por resultados concretos. Naquela que é a sua primeira edição europeia, o Banco associou-se à Professional Women’s Network Lisbon (PWN Lisbon), através do seu programa Women on Boards (WOB) para a dinamização destas candidaturas.

O programa tem a duração de seis dias, e realiza-se entre 26 e 31 de julho de 2020, procurando capacitar a próxima geração de líderes femininas com formação, ferramentas e competências de liderança. A bolsa inclui alojamento, matrícula e curso.

O objetivo é qualificar a próxima geração de mulheres para cargos de liderança global, fortalecendo o relacionamento institucional com as universidades e reafirmando o compromisso do Banco Santander com a Educação. Lançado em 2011, já com nove edições, o programa tem 700 alumni provenientes de 33 países.

O programa Santander W50 foi criado e desenvolvido para candidatas com experiência em gestão que ambicionam assumir papéis de liderança nas suas empresas. As participantes são selecionadas em diversos países e diferentes áreas de negócio, de modo a promover a partilha de diferentes perspetivas e abordagens, com muitas oportunidades para estabelecer novos contactos e conexões globais duradouras.

Artigos Relacionados: