Galp oferece ventiladores, combustível e energia no combate à COVID-19

A Galp une-se à Direção-Geral da Saúde (DGS), ao Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e ao Serviço Nacional de Saúde (SNS). Juntos criaram um pacote de medidas de apoio para contribuir no combate à COVID-19.

A Galp e a sua Fundação vão disponibilizar 29 ventiladores a hospitais do SNS. Os primeiros oito ventiladores já foram entregues e os restantes no decurso desta próxima semana, de acordo com as necessidades mais prementes dos hospitais.

A empresa energética vai proporcionar também combustível aos veículos do INEM, incluindo as ambulâncias que transportam doentes infetados, como as viaturas das equipas que se têm multiplicado nas deslocações para recolha domiciliária de amostras para análise.

Ao mesmo tempo, a Fundação Galp e a Galp estão a trabalhar num pacote energético para mais de 500 IPSS. A empresa suportará um mês de consumo de eletricidade e gás natural a ser ativado no período que a instituição achar adequada.

Outra medida, diz respeito à cedência do espaço publicitário da Galp à DGS, até ao final do mês, para divulgação de mensagens de prevenção à escala nacional relativas à COVID-19. Além do espaço exterior, a Galp disponibiliza espaço no canal digital.

A Galp tem acompanhado de perto a situação global da pandemia. A principal preocupação da empresa tem sido a saúde e a segurança dos colaboradores e clientes. A empresa manteve a rede de postos a funcionar praticamente na totalidade e sem constrangimentos de abastecimento, as lojas têm o stock reforçado, adaptado às atuais circunstâncias e pagamentos na caixa exterior/postigo nas lojas onde existem. Com o devido reforço de higienização e limpeza, incluindo nos terminais de pagamento eletrónico disponíveis, e o incentivo da distância de segurança de dois metros entre clientes.

Artigos Relacionados: