Génios em programação de todo o mundo competem no Porto

A cidade do Porto recebe a 04 de abril, na Alfândega do Porto, a final mundial do International Collegiate Programming Contest (ICPC) – o maior evento do mundo na área da programação para estudantes universitários –, que será organizada pela Universidade do Porto, com o apoio da Câmara Municipal do Porto, do Turismo de Portugal e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte. Trata-se de uma estreia dupla: a competição decorre, pela primeira vez, em território nacional, no ano em que uma equipa portuguesa, constituída por alunos da Universidade do Porto, consegue o feito inédito de alcançar a final mundial.

As 135 equipas finalistas – compostas por mais de 400 participantes, oriundos de 47 nacionalidades – instalam-se, já a partir de 31 de março e até 05 de abril, na Alfândega do Porto, para uma semana dedicada à programação. O dia da competição é antecedido por um programa de iniciativas – entre apresentações, feiras, hackatons, workshops – que permitem, aos participantes, conhecer o ecossistema empreendedor e inovador que se vive na cidade, transformando o Porto na “capital mundial” da programação informática ao longo de uma semana.

Durante seis horas – entre as 11h00 e as 17h00 –, os estudantes são desafiados a resolver dez problemas de programação que envolvem lógica, matemática e processos algorítmicos, relacionados com problemas reais do quotidiano. A equipa que conseguir o melhor resultado sagra-se campeã mundial da área da programação da 43.ª edição do ICPC.

A Rússia tem vencido a competição nas últimas edições e vai marcar presença no Porto com dez equipas, mas são os Estados Unidos da América e a China que lideram o número de alunos, estando ambos os países a participar com 17 equipas cada. Ainda com uma expressão significativa, destaque para a Índia, o Brasil, o Egito e a Síria que participam com seis equipas.

Artigos Relacionados: