Livraria Lello lança concurso de contos sobre a quarentena

Para incentivar a produção de contos por escritores anónimos portugueses ou estrangeiros, a Livraria Lello do Porto, com história desde 1881, lança o Prémio Contos da Quarentena e as candidaturas podem ser feitas até 31 de maio.


Os seis melhores contos apresentados a concurso ganharão um prémio monetário no valor de 1000 euros cada. Além disso, os textos vencedores serão publicados pela Livraria Lello.

Uma das condições do concurso é que os contos sejam sobre as experiências individuais de cada um durante o período excecional que vivemos devido à COVID-19. Pretende-se galardoar os participantes que “apresentem obras inéditas de ficção literária na área do conto, da sua autoria, e que não tenham sido apresentados em nenhum outro concurso que eventualmente se encontre com decisão pendente.”, lê-se no website da livraria.

Podem candidatar-se pessoas singulares, de nacionalidade portuguesa ou estrangeira, que sejam maiores de 18 anos. As obras concorrentes devem ter entre 10 e 20 páginas e ser redigidas em fonte Times New Roman, tamanho 12 e espaçamento simples. Devem ser apresentadas acompanhadas de uma sinopse, redigida em folha separada, com 15 a 20 linhas. Saiba mais sobre o regulamento deste concurso aqui. As inscrições e submissão das obras a concurso podem ser feitas através do formulário online disponibilizado aqui.

 

Artigos Relacionados: