Meta Nacional para a Igualdade de Género

A Global Compact Network Portugal, no âmbito do programa Target Gender Equality, lançou a Meta Nacional para a Igualdade de Género (#MetaNacional40IG), desafiando as empresas portuguesas a alcançar 40% de Mulheres em Cargos de Decisão até 2030, considerando cargos em Conselho de Administração, Comissão Executiva e Direções de primeira Linha.

A iniciativa, ancorada na Agenda 2030 da ONU e o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nº 5 – Igualdade de Género, conta com o apoio da Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade, a par da CIG – Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, da CITE – Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego e da APEE – Associação Portuguesa de Ética Empresarial.

Segundo Mário Parra da Silva, Presidente da Global Compact Network Portugal (GCNP), “Sendo a Igualdade de Género uma questão de Direitos Humanos e um dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, seria de pensar que já pouco faltará para podermos passar à indiferença sobre esta matéria, por conquistada. Mas não, porque velhas práticas e obsoletas convicções estão ainda presentes na cultura disseminada. Assim, é necessário propor novos desafios e estabelecer novas metas. É o caso da Meta Nacional para a Igualdade de Género”.

“A etapa para a paridade com o desafio de 40% de participação feminina nos níveis superiores de decisão é mais um passo na modernização da economia portuguesa e das suas organizações”, reforça o responsável.

A Tabaqueira é uma das Empresas Bandeira da Meta Nacional para a Igualdade de Género, integrando um grupo restrito de organizações que assumiu esse compromisso.

“Na Tabaqueira, subsidiária da Philip Morris International em Portugal, reconhecemos a diversidade como fator distintivo da nossa organização em que a qualidade e a excelência das nossas pessoas dependem hoje de uma cultura inclusiva, em que a seleção é independente do género, etnia, religião ou idade. Só em Portugal somos mais de 28 nacionalidades”, refere Marcelo Nico, Diretor-Geral da Tabaqueira.

O responsável adianta ainda que a Tabaqueira foi “a primeira empresa portuguesa certificada com um selo da igualdade salarial, pela entidade independente EQUAL-SALARY Foundation, que atesta que a companhia remunera de igual forma homens e mulheres”.

A Cerimónia Pública da Meta Nacional para a Igualdade de Género irá decorrer no próximo dia 30 de novembro, em Lisboa, com a participação de Rosa Monteiro, Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, as Entidades Parceiras e as Empresas Bandeira que lideram um movimento que se pretende transversal a todo o tecido empresarial português a partir deste momento, para um objetivo que é de todos: “Transformar o nosso mundo”, no quadro da Agenda 2030 da ONU.

Artigos Relacionados: