Obama diz que “podemos encontrar razões para ter esperança”


O CEO da Fundação Obama e antigo Presidente dos EUA enaltece os atos de altruísmo que tem assistido nos vários cantos do mundo para combater a pandemia da COVID-19 e envia carta de esperança.

“As pessoas estão a descobrir formas criativas e sinceras de cuidar dos outros”, chama a atenção Barack Obama. Em 2014, o então Presidente dos EUA criou a Fundação Barack Obama, dedicando-se em exclusivo a partir de 2017. A Fundação tem como missão inspirar e capacitar as pessoas a mudarem o mundo, focada essencialmente no impacto do indivíduo na comunidade.

Também por isso, Obama está atento e partilha no site da Fundação, histórias de cidadãos comuns a apoiarem as comunidades e a tornarem o mundo melhor.

Na última newsletter da Fundação Obama, Barack Obama assina a seguinte carta:

“Em todo o mundo, as pessoas enfrentam circunstâncias que nunca encontraram antes. A pandemia da COVID-19 tem forçado a grandes mudanças repentinas e drásticas nas nossas vidas de modo a mantermo-nos, e às nossas comunidades, saudáveis ​​e seguros. Mas mesmo neste período de incerteza, ainda podemos encontrar razões para ter esperança.

Pessoas de todos os cantos do mundo estão a concretizar atos altruístas em momentos de necessidade. Enquanto permanecem isoladas, as pessoas estão a descobrir formas criativas e sinceras de cuidar dos outros. E encarnam o valor que guia a Fundação Obama e o seu trabalho – quando pessoas comuns se empenham em apoiar as suas comunidades, tornam o mundo melhor.

Em Chicago, as organizações locais My Hood My Block My City e Brave Space Alliance estão a trabalhar para garantir que as populações mais vulneráveis ​​tenham os suprimentos e recursos necessários para enfrentar a crise.

Alex Smith, membro da Fundação Obama, e a sua organização, The Cares Family, estão dedicados a combater a solidão entre os idosos. Mas num ambiente em que a distância física é importante, estão a conectar jovens e idosos através de novas tecnologias, com conversas por videochamadas, e de métodos tradicionais, como cartões postais.

E em Singapura, a líder da Ásia-Pacífico da Fundação Obama, Sherry Soon, distribuiu sete mil notas de agradecimentos e pacotes de assistência para as equipas médicas na linha da frente do surto.

Reunimos [na página da Fundação Obama] estas e muitas outras histórias de esperança para ajudar a animar os espíritos durante este período difícil.

Enquanto enfrentamos um longo caminho pela frente, devemos continuar a fazer a nossa parte para achatar a curva da transmissão COVID-19, e espero que esta coleção de histórias o inspire como me inspirou a mim. Nunca deixo de me surpreender com o poder das nossas comunidades quando se unem.

E se puder, considere fazer uma doação para algumas das organizações focadas em ajudar os mais atingidos por esta crise.

Mantenha-se saudável, mantenha-se esperançoso.

Barack.”

Artigos Relacionados: