Organização Mundial do Turismo e Grupo Sommet Education unem-se para impulsionar o setor

A Organização Mundial do Turismo (OMT) e o Grupo Sommet Education estabeleceram uma parceria para a realização do Hospitality Challenge.

A iniciativa irá conceder 30 bolsas de estudo para programas de formação a nível global e apoio a quem quer ascender na carreira, assim como a quem quer alterar o rumo profissional, para empreendedores e inovadores que queiram desenvolver projetos. Qual é o grande objetivo? Ajudar a impulsionar a recuperação do setor do Turismo.

Zurab Pololikashvili, Secretário-Geral da Organização Mundial do Turismo, afirma que: «o setor do Turismo é uma fonte de emprego para muitos milhões. Os empregos no Turismo proporcionam oportunidades, empowerment e igualdade, inclusive para as mulheres, os jovens e pessoas que vivem em comunidades rurais. Este momento de reabertura é o momento certo para repensar a Hotelaria e identificar e implementar novas ideias para tornar o setor mais inclusivo e sustentável. Esta competição da OMT fará exatamente isso.»

Benoit-Etienne Domenget, Chief Executive Officer da Sommet Education, acrescenta: «Esta crise dá-nos a oportunidade de conciliar visões do mundo que estavam em oposição há muito tempo e inventar a hotelaria do amanhã. Acreditamos que a formação é a base de um mundo mais hospitaleiro. Oferecer bolsas de estudo é uma contribuição para a recuperação do setor, acelerando o desenvolvimento de pessoas talentosas com visões criativas, apoiando novas abordagens com o objetivo de renovar a área da hotelaria.»

Em todo o mundo, a pandemia COVID-19 levou o Turismo a um total impasse. Agora, à medida que o setor reinicia a sua atividade, esta competição lançada por estas instituições quer identificar novas ideias, abordagens e rostos capazes de acelerar a recuperação, ao mesmo tempo que promove a inclusão e a sustentabilidade no setor para reinventar a hotelaria do futuro. Os critérios de seleção incluem o grau de disruptividade, maturidade do projeto e potencial de implementação, bem como viabilidade, escala, nível de digitalização, sustentabilidade e poder para atrair o interesse de investidores. A competição terá o foco em quatro categorias diferentes:

  • Viagens de luxo, bens e serviços;
  • Hotéis e serviços relacionados: pequenos a médios empreendimentos, empresas familiares;
  • Alimentação e Bebidas: restaurantes, catering, serviços de entrega e retail;
  • Imóveis Inteligentes: pequenas a médias propriedades e empresas familiares.

A competição está a decorrer desde o dia 30 de junho e termina no final de agosto. Um Comité de Seleção composto por uma rede internacional de investidores, empresários e especialistas da OMT, membros afiliados e aliados estratégicos, bem como representantes da Sommet Education, irá selecionar os 30 finalistas. Estes serão elegíveis para bolsas integrais em 15 programas diferentes em Gestão Hoteleira, Culinária e Pastelaria, (Bacharelados, Mestrados e MBAs) oferecidos nas instituições académicas que integram o Grupo Sommet Education: Glion Institute of Higher Education na Suíça e Londres, Les Roches Crans-Montana na Suíça, Les Roches Marbella em Espanha e École Ducasse em França.

Entre os 30 vencedores, os três projetos de empreendedorismo mais inovadores irão receber financiamento para apoiar o desenvolvimento inicial. Estes projetos vão ser financiados pela Eurazeo, grupo líder global de investimentos do qual a Sommet Education faz parte.

Artigos Relacionados: