Os Impérios do Internacional

De que modo é que as diferentes organizações internacionais, das Nações Unidas à UNESCO e à Organização Mundial de Saúde, assumiram um papel de relevo nos anos finais do colonialismo europeu e nos distintos processos de descolonização? De que forma é que o novo regime global de direitos humanos, crescentemente institucionalizado a partir de 1948, influenciou as lutas pela emancipação colectiva dos povos coloniais ou a forma como os impérios europeus resistiram aos «ventos de mudança»? Qual o papel desempenhado pelos diferentes espaços coloniais na modelação de regimes internacionais de apoio aos refugiados ou de políticas de saúde e combate às endemias? Os Impérios do Internacional visa dar resposta a estas questões.
Autor : Hugo Gonçalves Dores, Ana Filipa Guardião, Miguel Bandeira Jerónimo, José Pedro Monteiro (orgs.)

 

Artigos Relacionados: