Parceria ISQ e Portugal Ventures apoia startups em Portugal

O Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ) e a entidade pública de capital de risco Portugal Ventures assinaram um protocolo de colaboração para, em conjunto, identificarem oportunidades de negócio inovadoras e impulsionar o ecossistema empreendedor português que, segundo dados da Startup Portugal, representa 1,1% do PIB nacional. De salientar que a taxa de sobrevivência das startups em 2018 aumentou de 80,43% para 86,56%.  Este ecossistema foi ainda responsável pelo crescimento do número de postos de trabalho que, em 2018, cresceu 25%.


A nova parceria vem estabelecer as sinergias necessárias para apoiar os empreendedores (startups e spinoffs) e os seus respetivos projetos, contribuindo para o desenvolvimento de produtos e serviços inovadores, potenciando a sua implementação e estabilização no mercado, bem como a expansão dos seus negócios e atração de investimento.

O ISQ, empresa privada que oferece soluções de engenharia, inspeção, ensaios, testes e capacitação, irá integrar painéis de peritos que farão a avaliação dos projetos de investimento. O ISQ associa-se assim como Corporate Partner da Portugal Ventures, entidade que aposta na dinamização da atividade de capital de risco com participação privada, nacional e internacional, como fator determinante para a capitalização do tecido empresarial nacional e, sobretudo, para o fortalecimento do ecossistema português de empreendedorismo.

“Um dos drivers de crescimento do ISQ ao longo das últimas décadas tem sido a procura de novos mercados e o desenvolvimento de novas competências através da criação de várias start-ups em áreas como software, saúde e agroindústria”, sublinha Pedro Matias, presidente do Grupo ISQ, acrescentando que, ao mesmo tempo o ISQ tem vindo a entrar em novos setores de atividade, como é o caso do farmacêutico e a consolidar-se no setor aeroespacial.

Para Rui Ferreira, vice-presidente da Portugal Ventures, “esta parceria, no âmbito da Rede de Corporate Partners da Portugal Ventures potencia novas oportunidades de co-investimento nos mais de 500 projetos internacionais apoiados pelo ISQ.”

Artigos Relacionados: