Paulo Campos Costa: «A Comunicação é um elo essencial»

Para o diretor de Marca e Comunicação do Grupo EDP, este é um momento único na história da Comunicação e o que mantém unidos, e a vencer esta crise, os já 11 550 colaboradores de 44 nacionalidades em 19 geografias.

Fez agora 15 anos, em abril, que Paulo Campos Costa toma conta da área de Marca e Comunicação do Grupo EDP, e se juntarmos os 14 anos de jornalismo e outros tantos na área de media relations e press officers está mais do que comprovado que é uma das grandes referências na área.

De lá para cá, muita coisa mudou na EDP. Cresceu, cruzou fronteiras, passou de uma empresa portuguesa para uma marca global, e a Comunicação foi um dos motores de tudo isto.

Agora, todos os olhos (e ouvidos) estão postos na Comunicação. Numa altura em que os orçamentos se encontram encolhidos devido à ameaça permanente de uma recessão, de que se devem munir os marketeers para garantir que as suas marcas se mantêm relevantes? Salvar o Planeta e assumir um papel cívico são agora os novos propósitos? O que irá determinar a sobrevivência das marcas pós-pandemia? E como ficam os relacionamentos, entre marcas e consumidores, num mundo virtual?

Na EDP, com o fim do estado de emergência, impõe-se a necessidade de instituir uma nova normalidade. Tendo já começado a preparar o regresso dos seus colaboradores às instalações da empresa e a reposição da atividade. O plano global de regresso à atividade começará a ser executado em Portugal a partir de 18 de maio, sendo ajustado gradualmente em cada geografia em que a EDP tem atividade.

Colocámos a pergunta: Como estão as marcas a comunicar?, ainda em pleno estado de emergência e antes do anúncio das medidas de desconfinamento. Paulo Campos Costa aceitou o desafio:


«Estamos a viver um momento único nas nossas vidas. Não é a primeira vez que uma doença devastadora afeta milhões de pessoas, mas esta está a acontecer em pleno século XXI e numa época em que a tecnologia faz parte do nosso dia a dia e a informação viaja a um ritmo alucinante. Num momento como o que estamos a atravessar, uma das principais preocupações é perceber como fazer a diferença e ajudar a combater esta pandemia, individual e coletivamente.

É essencial encontrar um equilíbrio entre esta luta contra um vírus com caraterísticas muito particulares e o apoio à economia e à manutenção do emprego, pilares essenciais para fazer regressar o País à normalidade tão rápido quanto possível

Na EDP, a primeira medida que tomámos foi no sentido de proteger as nossas pessoas. Por um lado, garantindo as condições para que uma larga maioria das equipas pudesse trabalhar de forma remota e sem riscos e, por outro, assegurando que os colaboradores que, pela natureza das suas funções, não podem realizar teletrabalho, tivessem as condições de segurança necessárias para desenvolverem a sua atividade no terreno.

Do ponto de vista social, a EDP está desde a primeira hora a cumprir o seu papel ao implementar diversas iniciativas para o combate à pandemia em toda a linha, desde a oferta de ventiladores, monitores e material de proteção individual à antecipação de pagamentos na ordem dos 30 milhões de euros a cerca de 1200 fornecedores, tratando-se na sua maioria de pequenas e médias empresas.

Temos dado conta de todas estas iniciativas através dos nossos meios externos, mas também estamos em contacto permanente com as nossas equipas através da intranet e de canais exclusivos criados para acompanhar a atual conjuntura. Como tal, temos os nossos conteúdos internos em constante atualização de forma a manter os colaboradores informados sobre os cuidados a ter e as regras a seguir nesta fase crítica – tudo isto sem esquecer espaços de partilha, de comunicação ou mesmo propostas mais lúdicas para lidar com o confinamento e os novos ambientes de trabalho. Outro exemplo foi a criação de uma linha exclusiva sobre saúde que permite aos trabalhadores colocarem questões e esclarecerem dúvidas que envolvam a COVID-19.

Acreditamos que a comunicação é um elo essencial para que, mesmo à distância, nos possamos manter unidos e vencer juntos esta crise.»

 

 

Artigos Relacionados:

Centro de preferências de privacidade

Cookies necessários

Publicamos cookies neste site para analisar o tráfego, memorizar as suas preferências, otimizar a sua experiência e apresentar anúncios.

PHPSESSID, __gads, _ga, _gid, gdpr[allowed_cookies], gdpr[consent_types], wordpress_test_cookie, woocommerce_cart_hash, woocommerce_items_in_cart, _gat_gtag_UA_114875312_1
IDE
__cfduid