“Portugal: País exemplar na gestão da crise”, segundo o El País

O jornal espanhol El País elogia Portugal pela forma como soube gerir a crise do coronavírus, muito devido ao clima de colaboração política entre o Governo e os partidos da oposição.

“Portugal revelou-se um dos países do mundo que, até agora, administrou com mais êxito a crise da saúde relacionada ao coronavírus.” O País tem uma taxa de mortalidade por milhão de habitantes de 77 pessoas e, segundo aquela publicação, as medidas recomendadas de confinamento e fecho de atividades não essenciais foram tomadas com eficácia e rapidez. “Um sucesso – se é possível falar de sucesso numa altura em que muitas pessoas morrem – atribuível não apenas à responsabilidade dos cidadãos portugueses, mas também às suas instituições e classe política.”

Desde que foram detetados os primeiros contágios, que vieram do exterior no início de março, o Governo socialista português sentiu-se apoiado pelos partidos conservadores da oposição. Num País com um sistema de saúde afetado pelos cortes em resultado da última crise financeira de 2008 e com um sistema de cuidados para a terceira idade semelhante ao de outros países do sul da Europa, “toda a oposição adotou desde o início uma atitude que refletia a necessidade de unidade em torno do Governo [socialista] para superar uma situação dramática potencial para o País.” Foi o caso do líder do PSD Rui Rio, destaca o El País.

“A colaboração entre todos os grupos políticos, sindicatos, associações empresariais e instituições portuguesas como a Igreja consegue reduzir a tensão nas redes sociais e, ainda mais importante, nas ruas do país”, lê-se aqui.

© Emile Guillemot

Artigos Relacionados: