“Ser Feliz em Portugal – em casa” com Ricardo Rocha (Noesis)


«Num momento em que atravessamos novo confinamento, enclausurados em casa e com um tempo que nem a um “passeio higiénico” convida, é fundamental procurar estratégias para “desconfinar”.  O cérebro, bem entendido. Manter alguma sanidade mental, é cada vez mais importante, nos tempos que correm. Vivemos online, constantemente ligados e “em call”, onde a separação entre o espaço profissional e pessoal é cada vez mais difícil. Por isso, o meu fim de semana começa sempre com uma regra básica. Uma rotina que me ajuda a marcar essa separação – às sextas-feiras não há overtime, não há trabalho fora de horas! Acabo o dia de trabalho, se possível, mais cedo do que o habitual e assinalo a entrada no fim de semana com um copo de vinho tinto e uma música libertadora! Muitas vezes, o trabalho volta a “invadir” o espaço pessoal durante o fim de semana (é inevitável, há temas que só conseguimos “despachar” durante o fim de semana), por isso, para mim, este ritual assume ainda maior importância. Marcar um momento de rutura, de descompressão e “desligar” das responsabilidades e stress do dia-a-dia. Acreditem ou não, aquelas horas, fim de dia, jantar e noite de sextas-feiras, valem, muitas vezes, pelo fim de semana inteiro!»

As escolhas de Ricardo Rocha, Marketing & Communications Associate Director da Noesis

 

Artigos Relacionados: