Stay The F * Home: estes cartazes de viagens tornaram-se virais

Com o mundo obrigado a ficar em casa devido à pandemia, muitos usam o isolamento para benefício pessoal – tendo aulas online, vendo séries, filmes e documentários na Netflix ou fazendo pão simplesmente. Mas há quem procure formas de se manter ocupado beneficiando mais pessoas, em função de um bem maior entenda-se.

Jennifer Baer, ​​designer e ilustradora gráfica que trabalha para a NASA, em Silicon Valley, começou a questionar-se: “Como posso contribuir? Eu queria realmente ajudar e acho que muitas pessoas o fazem. A dificuldade estava em não poder sair de casa”, contou à revista americana Forbes.

Depois de cancelar algumas viagens que tinha agendadas para maio, Baer ficou frustrada ao ver amigos e familiares a tirarem férias como se nada estivesse a acontecer. “Eles não estavam a dar importância às notícias e à seriedade da situação.

Essa ideia levou-a a criar uma série de posteres de viagem vintage com humor. Os seus projetos irónicos transformam a mensagem tradicional de turismo “visite” num apelo à ação para fazer exatamente o oposto. O seu objetivo, como ela própria admitiu, era convencer os americanos a ficarem em casa e daí surge a frase “stay the f* home.”

Foi exatamente essa mensagem que teve um enorme sucesso nas redes sociais. O seu apelo foi “retweetado” mais de 70 mil vezes, inclusive pela escritora de bestsellers J.K. Rowling. Quase imediatamente as pessoas começaram a pedir para comprar os posteres e Baer começou a vendê-los.

À primeira vista, os posteres de Baer podem parecer simplesmente divertidos. Mas, após uma inspeção mais detalhada, apercebemo-nos que os desenhos atrevidos estão cheios de sarcasmo. O primeiro poster da série diz: “Faça uma viagem à sua própria casa de banho”. A imagem mostra uma mulher despreocupada de fato de banho, mas ela não está na piscina de um resort, mas na banheira da sua casa e mostra rolos de papel higiénico, um produto essencial nestes dias.

Artigos Relacionados: