Teletrabalho: guia dos hábitos de trabalho eficazes

Um estudo feito no final de março revelou que a maioria dos colaboradores foi enviada para casa para trabalhar. Nove em cada dez receberam aviso prévio com a distância de menos de uma semana. E um em cada quatro teve menos de um dia para arrumar os seus escritórios confortáveis ​​e totalmente equipados e ir para casa com a expectativa de continuara a ser produtivo – tudo isto à beira de uma recessão económica e a meio a uma pandemia.

Líderes e especialistas concordam que esta forma virtual de trabalhar e interagir pode ser o novo normal, o que traz uma série de desafios para a produtividade pessoal. Acontece que trabalhar em casa não é um prazer para todos. De acordo com um questionário da VitalSmarts, empresa de formação em liderança, que abrangeu 1.465 pessoas, este “novo normal” põe em causa a produtividade. Mais de um em cada três funcionários dizem sentir-se menos – ou muito menos – produtivos a trabalhar em casa.

O ambiente doméstico pode ser desorientador e difícil. O trabalho à distância requer que as pessoas procurem os colegas de forma proativa, aceitem um certo isolamento e permaneçam automotivadas. E àqueles que nunca trabalharam virtualmente ou remotamente, exigem que se adaptem.

Esperar os mesmos resultados num contexto diferente é uma receita para o fracasso. Em suma, novos ambientes exigem novos comportamentos. Um terço dos entrevistados diz que lutou para se manter produtivo, um em cada quatro diz que é mais produtivo em casa. Outros 37% dizem que são igualmente produtivos. Alguns até relatam vantagens imprevistas ao trabalhar em casa, incluindo mais tempo para si próprios, não terem de se deslocar, melhor saúde e mais tempo para a família.

7 hábitos para aumentar a produtividade do teletrabalho

O hábito mais comum ao trabalhar em casa, partilhado por mais de 300 pessoas, é manter em casa a mesma rotina que tinham no escritório da empresa. Programe o seu dia da mesma forma que faria se estivesse indo para o escritório e seja consistente em como planeia o seu dia e gasta o tempo durante a semana de trabalho.

Sem as reuniões e interrupções de um ambiente de escritório, as pessoas que trabalham em casa podem descobrir que trabalham horas a fio sem fazer uma pausa. Evite o esgotamento agendando intervalos de regeneração ao longo do dia. Faça uma caminhada, um lanche saudável ou fale com um amigo ou colega.

Não subestime o valor de um espaço de trabalho designado. O espaço ideal tem uma porta, uma escrivaninha e uma cadeira confortável. Mesmo se não tiver muito espaço, reserve uma área em casa onde possa instalar o equipamento e deixá-lo intacto no final de cada dia.

Pessoas produtivas preparam-se e vestem-se para o dia como se estivessem a sair para o escritório. O facto de não ficar de pijama diz a seu cérebro para agir e comportar-se de maneira mais profissional. Também ajuda a delimitar o tempo de trabalho.

A comunicação é sempre importante, mas fundamental quando há distância. As pessoas bem-sucedidas costumavam entrar em contato com colegas, gerentes e subordinados diretos. O meio de comunicação não importa tanto como a consistência.

Listas de tarefas, planos de projetos e estratégias são essências para o sucesso. As pessoas produtivas confiam muito nos hábitos de trabalho enquanto trabalham em casa. Selecionam listas de tarefas e planos de projeto que as ajudam a manter o foco nas tarefas mais importantes nos momentos mais importantes do dia. As listas também são úteis como uma forma de se manter envolvido e motivado quando deixou de ter a pressão dos colegas – o que costuma ajudar a ter o trabalho feito dentro do prazo.

Pessoas bem-sucedidas começam e terminam o seu dia de trabalho no mesmo horário, todos os dias. Uma vez que o trabalho nunca está terminado, consideram vital ser rigoroso e definir um “ponto final” para que possam relaxar e preparar-se para o dia seguinte.

Artigos Relacionados: