Uma ideia contra o racismo sistémico

A morte de George Floyd trouxe o discurso anti-racista para a ordem do dia. As manifestações que surgiram um pouco por todo o mundo ocidental meteram a escravatura no mesmo saco e logo surgiram as respostas do costume, incluindo essa ideia, “I take responsibility”, de que alguém pode assumir responsabilidade pelos atos de outrem. Como é evidente, hoje, tirando meia-dúzia de extremistas encartados, ninguém se assume como racista. Mas mesmo os mais vocais anti-racistas, aqueles que se manifestam contra o racismo, acabam por participar no chamado racismo sistémico. Se o problema é sistémico é de todos. E essa sim, é uma responsabilidade que podemos querer assumir.

O racismo sistémico é um produto da construção e reprodução da sociedade: as pessoas que têm mais posses dão melhor educação e saúde aos seus filhos, que têm maiores possibilidades de serem, eles próprios, mais bem-sucedidos. Um dia os seus filhos manifestar-se-ão contra o sistema que eles mesmos perpetuam. As minhas escolhas (manifesto-me em público e coloco os meus filhos num colégio privado) têm esse efeito paradoxal: perpetuam o sistema contra o qual eu protesto.

Eis uma possibilidade alternativa: defendamos, como na Holanda, que as escolas das zonas desfavorecidas recebam mais financiamento, os melhores professores e os mais capazes dirigentes escolares. Que o sistema permita um sistema generoso de bolsas – sem hesitações nem cativações –  para que os estudantes de bairros pobres possam frequentar os melhores colégios. A arma mais poderosa contra a desigualdade é a educação. Este caminho, sendo menos catártico e mais trabalhoso, será possivelmente também mais poderoso.

PS. Já tudo foi dito sobre o caminho que estamos a seguir, com as escolas fechadas e as crianças em casa. Não parece um bom caminho para o tão necessário combate à desigualdade.


Por Miguel Pina e Cunha, diretor da revista Líder

 

Artigos Relacionados:

Centro de preferências de privacidade

Cookies necessários

Publicamos cookies neste site para analisar o tráfego, memorizar as suas preferências, otimizar a sua experiência e apresentar anúncios.

PHPSESSID, __gads, _ga, _gid, gdpr[allowed_cookies], gdpr[consent_types], wordpress_test_cookie, woocommerce_cart_hash, woocommerce_items_in_cart, _gat_gtag_UA_114875312_1
IDE
__cfduid