Unilever investe mil milhões para eliminar combustíveis fósseis dos produtos de limpeza até 2030

A Unilever, um dos principais fabricantes de produtos de limpeza e de lavagem de roupa do mundo, pretende substituir todo o carbono derivado de combustíveis fósseis nas fórmulas dos seus produtos de limpeza e de lavagem de roupa por carbono renovável ou reciclado. Esta mudança irá transformar a sustentabilidade de marcas de limpeza e de lavagem de roupa mundialmente conhecidas, como SKIP, Cif e Domestos.

O investimento de mil milhões de euros no programa Clean Future vai promover o fim do uso de substâncias químicas derivadas de combustíveis fósseis nos produtos de limpeza e de lavagem de roupa da Unilever até 2030, ao mesmo tempo que encontra novas maneiras para reduzir a pegada de carbono. O montante servirá para financiar a pesquisa, desenvolvimento e inovação na química de produtos de limpeza circulares em todo o mundo

A Unilever apela a outras empresas para que adotem a nova abordagem Carbon Rainbow para assegurar a transição para fontes renováveis e recicladas à base de carbono provenientes de plantas, do ar, do mar e de resíduos.

A maioria dos produtos de limpeza e de lavagem de roupa atualmente disponíveis no mercado contêm substâncias químicas feitas com matérias-primas de combustíveis fósseis, uma fonte não renovável de carbono. A mudança da Unilever para fontes de carbono renováveis ou recicladas é um movimento deliberado para abandonar a economia de combustível fóssil. A Clean Future, primeira iniciativa desta magnitude, é um passo essencial para o compromisso da Unilever em ter produtos com zero emissões até 2039.

As substâncias químicas usadas nos produtos de limpeza e lavagem de roupa da Unilever representam a maior parte da pegada de carbono (46%) ao longo do seu ciclo de vida. Por isso, com o fim do uso de substâncias químicas derivadas de combustíveis fósseis nas fórmulas dos produtos, a empresa vai abrir novos caminhos para a redução da pegada de carbono de algumas das maiores marcas de limpeza e lavagem de roupa do mundo. A Unilever espera que só esta iniciativa reduza a pegada de carbono das fórmulas dos produtos em até 20%.

“Como indústria, precisamos de acabar com a nossa dependência de combustíveis fósseis, inclusive como matéria-prima para os nossos produtos”, diz Peter ter Kulve, president of Home Care da Unilever.

Artigos Relacionados: