Universidade Nova investe 300 mil euros em salas de aula inteligentes

A Nova Information Managemente School (NOVA IMS), escola de Data Science da Universidade Nova de Lisboa, é a primeira instituição de ensino superior em Portugal a dotar a totalidade das suas salas de aula de ferramentas inteligentes de ensino. O novo ano letivo arranca com sistema misto de aulas presenciais e à distância, com alternância semanal de alunos.

Com um investimento superior a 300 mil euros, a NOVA IMS terá a totalidade dos seus espaços de aula convertidos em smart classrooms, com equipamentos de captação de som e imagem e quadros interativos de topo.

Uma câmara robotizada permite focar e seguir o professor pela sala de aula, em sistema de auto-tracking, melhorando a experiência de ensino à distância, com captação de som e écrans que permitem partilhar intervenções dos docentes, alunos presenciais e à distância.

Os quadros Interativos Smart MX fazem o processamento autónomo de informação e comunicação, seleção de vários dispositivos conectados, acesso a ficheiros, Navegador Web, partilha de imagem, utilização como quadro virtual, geração de interactividade e abordagens de gamification, além de espaços partilhados entre alunos presenciais e online.

A NOVA IMS aumentou ainda a sua capacidade de banda larga para um total de 10 GB, por forma a garantir o pleno funcionamento de todos os equipamentos em simultâneo e a transmissão integral de aulas presenciais por streaming para alunos remotos.

“Trata-se de um forte investimento na melhoria da qualidade e inovação pedagógica, permitindo combinar ensino presencial e online”, explica Pedro Saraiva, diretor da NOVA IMS.

A NOVA IMS arranca assim com o novo ano letivo com um sistema de aulas misto, alternando semanalmente o grupo de alunos que assistem às aulas em formato presencial e à distância, de forma a garantir o espaçamento necessário nas salas de aula.

Selo COVID OUT garante segurança nas instalações e procedimentos

A escola de Ciência dos Dados é ainda uma das primeiras instituições de ensino em Portugal a obter o selo COVID OUT, que lhe foi atribuído pelo Instituto de Soldadura e Qualidade. Este selo garante que a NOVA IMS cumpre toda a regulamentação e legislação vigente, aplica as melhores práticas do ponto de vista de prevenção e mitigação de riscos COVID-19, e possui planos de contingência na eventualidade da ocorrência de casos de infeção.

“As medidas definidas garantem que poderemos estar todos a trabalhar num ambiente de máxima segurança nas instalações da NOVA IMS, protegendo assim a saúde de docentes, colaboradores, alunos e todos aqueles que nos queiram visitar”, salienta Pedro Saraiva.

“Estamos prontos para retomar as aulas presenciais a partir de 7 de setembro, com total segurança e dotados da melhor tecnologia”, diz ainda o responsável.

 

 

Artigos Relacionados: